CNAI - Rede GIP

You are here: Entrada
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size

Os Gabinetes de Inserção Profissional - GIP - surgiram nos termos do disposto na Portaria n.º127/2009, de 30 de Janeiro 2009 e são estruturas de apoio ao emprego que, em estreita relação com os Centros de Emprego, prestam apoio a jovens e adultos desempregados na definição ou desenvolvimento do seu percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho. A Rede GIP Imigrante (RGI) é constituída por 25 Gabinetes de Inserção Profissional distribuídos pelo território nacional, sendo dinamizada por entidades públicas ou privadas sem fins lucrativos. Esta Rede surge no âmbito de parceria entre o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. (ACIDI, I.P.) e pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, I.P. (IEFP, I.P.)

Para mais informações:

Download do Folheto Rede GIP Imigrante

Menu Principal

Entrada
Links Úteis

Autenticação






Esqueceu a senha?

Difusão de Notícias

Acções de formação gratuitas
11-Out-2010

A Casa do Brasil, em parceria com a ALCC Associação Lusofonia Cultura e Cidadania, vai promover acções de formação modulares gratuitas para pessoas interessadas em desenvolver as suas qualificações escolares e/ou profissionais.

Este tipo de formação destina-se essencialmente a aperfeiçoar os conhecimentos e competências dos/as formandos/as, podendo ser utilizada em processos de reciclagem e reconversão profissional.

Atribui também aos participantes créditos válidos para os Centros de Novas Oportunidades, de modo a poderem aumentar o seu nível de escolaridade.

Mais informações em: http://www.casadobrasil.info/spip.php?article491

 
Empresas como Motor de Desenvolvimento da sociedade Actual
11-Out-2010

No âmbito do projecto Construir o Futuro do ISU, que contempla acções de sensibilização às empresas e também no âmbito da parceria desenvolvida durante o projecto com o MARL - Mercado Abastecedor da Região de Lisboa, o ISU propôs a organização de um encontro destinado a empresários e técnicos sociais que acompanham os percursos de inserção profissional.

Divulgação + Programa

 
Encontro com Formadores e Técnicos das Entidades Locais PEI 2010
08-Out-2010

Está a decorrer nos dias 07 e 08 de Outubro, pelas 10h00, no Centro Nacional de Apoio ao Imigrante, Lisboa, um encontro/reunião com os formadores e com os técnicos locais das entidades envolvidas no PEI 2010.

Estas reuniões de trabalho visam efectuar um balanço das acções desenvolvidas pelos formadores e instituições parceiras do PEI 2010, bem como a participação em actividades – Focus Group – com a entidade que avalia o PEI – R4E.

O dia dirigido aos formadores (7 de Outubro) visa ainda o auxílio destes no contacto a estabelecer com a população imigrante, realizando-se, para este efeito, a formação Diálogo Intercultural ministrada pela Bolsa de Formadores do ACIDI, IP.

No dia 8 de Outubro alguns dos parceiros locais são chamados a testemunhar as acções desenvolvidas até então no âmbito do PEI, recorrendo-se também a partilha de experiências por parte de todos os presentes. Serve também este momento para se definir as actividades finais do PEI 2010 e manutenção das que ainda decorrem.

 
Jornada de Acção Social “Educação-Formação e Inclusão: Práticas e Desafios?
06-Out-2010

No âmbito do Ano Europeu do Combate à Pobreza e Exclusão Social irá decorrer no próximo dia 12 de Outubro de 2010 a Jornada de Acção Social da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa sob o tema “Educação-Formação e Inclusão: práticas e desafios”, que terá lugar no Auditório Agostinho da Silva, na Universidade Lusófona.

Este evento contará com a participação e vários especialistas de universidades, institutos, organizações e empresas, assim como da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

A Jornada da Acção Social destina-se a dirigentes públicos e privados, técnicos, estudantes universitários e voluntários com interesse pela intervenção social nos domínios do combate à Pobreza e Exclusão Social.

OBJECTIVOS DA JORNADA

Reflectir sobre os impactos e estratégias de educação-formação na redução de vulnerabilidade, na construção da autonomia, no desenvolvimento da empregabilidade e inclusão social.

Programa

 
Renovação periódica dos certificados de aptidão pedagógica dos formadores
01-Out-2010

Com a Portaria n.º 994/2010, de 29 de Setembro já não é necessário renovar o CAP. Uma vez emitido o certificado inicial, ele continuará válido. Aplica-se também aos CAP que se encontram actualmente caducados

Consultar a Portaria

 
Cerimónia de Renovação de Protocolos
30-Set-2010

Amanhã, dia 30 dia de Setembro de 2010, pelas 11h30, vai realizar-se no Auditório do CNAI, Lisboa, a cerimónia de assinatura de Renovação dos Protocolos no âmbito do Projecto-piloto para Mediadores Municipais junto das Comunidades Ciganas, lançado em Outubro de 2009 pelo ACIDI, através do Gabinete de Apoio às comunidades Ciganas (GACI).

A renovação dos protocolos será celebrada entre o ACIDI, entidade promotora do Projecto, os municípios integrados no Projecto e as respectivas entidades gestoras. Presidirá ao acto a Alta Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural, Dra. Rosário Farmhouse.

 
OCDE aconselha países a estimular naturalização de estrangeiros
29-Set-2010

Relatório anual da OCDE (Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Económico) constatou que número de migrantes diminuiu em todo o mundo. Apesar da crise, OCDE aconselhou política migratória de longo prazo.

Segundo este relatório da OCDE divulgado a 12 de Julho em Bruxelas, em alguns países da organização, o desemprego entre migrantes e seus descendentes aumentou bem mais do que entre a população nativa. Esse foi o caso principalmente da Espanha, Irlanda e Portugal, mas também da Áustria.

Os mais afectados foram migrantes jovens com trabalho de baixa remuneração, sobretudo nos sectores de construção civil, hotelaria ou na gastronomia, divulgou a pesquisa. Na Europa, 24% dos migrantes entre 15 e 24 anos estão desempregados, um índice bem maior do que entre a população local.

Diferentemente de outros países, o relatório constatou que, na Alemanha, a crise económica pouco influenciou as hipóteses de trabalho para estrangeiros. Entre as mulheres imigrantes foi constatado até mesmo um desenvolvimento positivo da situação de emprego.

O principal motivo seria o aumento da demanda de mão-de-obra nas áreas de enfermagem e serviços domésticos. Com o envelhecimento da população, essa tendência promete acentuar-se, afirma o documento. A OCDE explicou ainda que a aquisição da cidadania tem efeito bastante positivo sobre as hipóteses de trabalho dos imigrantes. Ler mais

 
<< Incio < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 78 - 88 de 417

Próximos Eventos

Não há eventos agendados
Ver Calendário
Juntar Evento